Bom dia a todas (0s) e antes de mais nada um feliz dia do amigo atrasadinho, ando enrolada com os filhos de férias e tenho postado pouco mais logo tudo vai se normalizar rsrsrs.

Bom meninas hoje ouvi uma história que acho que vai dar pano para manga pois tem dois lados.

Já está em vigor uma nova lei que diz em resumo que se você ou seu companheiro no momeno do divórcio resolver sair de casa e ficar ausente por 2 anos perde totalmente o direito ao imóvel e a tudo que construiram juntos, mesmo que os bens do casal estejam em seu nome.

Bom, a idéia é proteger a pessoa que fica no imóvel visando o abandono dos parceiros, aqueles do tipo que “foi comprar cigarro e nunca mais voltou ou voltou após 4 anos já com outra mulher e filhos e acha que ainda tem direitos”.

A idéia é até válida, mais como sabemos as leis brasileiras não são tão justas quanto parece e embora esteja tudo escrito e resgistrado é totalmente interpretado pelo magistrado.

Pois bem, acho que isso vai gerar polêmicas e muitas brigas judicias que podem durar anos, pois a casos e casos.

Sou muito a favor de realmente retirar  os direitos da esposa ou marido que abandona o lar de uma hora para outra e somem no mundo, apenas para curtir romances frivolos, deixando o companheiro sozinho com os cuidados dos bens, filhos e dívidas. Esse por sua vez se vê obrigado a se adapitar a uma nova realidade sozinho pois o ex companhero some literalmente e não ajuda em nada mesmo distante, deixando  o companheiro sozinho para resolver todos os problemas.  Assim não acho justo após anos e tudo já acomodado, os filhos criados e as dívidas pagas, aparecer com a cara mais deslavada e começar uma briga judicial por tudo que antes não queria e abandonou, se achando no direito de ter direitos. Sendo assim a lei é válida e preserva a pessoa que teve que se virar sozinha o que não é fácil.

Mas como disse antes todas as histórias de vida tem dois lados e nesse caso tem vários lados, por exemplo;

A mulher que é agredida pelo marido constantemente e resolver sair para sobreviver e muitas das vezes é impedida de levar os filhos, ela também perderá seus direitos?

O homem que é traido pela esposa  e por questões óbvias fica inviável conviver de baixo do mesmo teto que a traidora, ele perderá seu direito?

Bom, acho que tem muitos outros lados e esse post ficaria enorme se fosse citar um por um, mais a minha dúvida é se a justiça está de fato preparada para julgar uma coisa dessas, eu já ví tanta injustiça com maridos e esposas, por sentenças ao meu ver injustas que não foram bem analizadas, como de esposas que nunca puderam trabalhar ou estudar e quando marido resolve trocála por outra a justiça diz que ela não tem direito a pensão pois pode trabalhar, não sei em que se não é formada em nada e não tem experiência nenhuma.

Como o marido que é obrigado a dar pensão para uma mulher que ganha super bem e já tem tudo, e ainda o traiu.

Será que essa nova lei será de fato bem analizada? será que de fato será julgado cada história com muita delicadeza, para que não seja injusta a sentença?

Fica ai minha dúvida , será que vai dar certo isso? Vamos aguardar para ver!

Comments Closed

41 comentários em “Quem sai de casa perde o direito!”

  1. EDICIONEIA diz:

    EU APOIO ESTA NOVA DECISÃO DA JUSTIÇA, O INDIVIDUO ALÉM DE TRAIR E ABANDONAR O LAR E QUER TER DIREITO, EU DOU MAIOR APOIO,PQ EU PASSEI POR ESSA SITUAÇÃO, E NÃO DOU O DIREITO NENHUM!

  2. Marta Silva diz:

    Isso mesmo, os homens querem sumir e depois dividir os bens.

  3. Modestosa diz:

    É mesmo Marta, essa história de homem cair fora, deixar tudo para trás e depois reaparecer do nada é novela repetida para muitas mulheres. Mas vamos ser justas, hoje em dia está virando moda determinadas mulheres fazerem o mesmo papelão, eu mesma conheço 3 homens que criam seus filhos sozinhos por que suas esposas resolveram, segundo elas “viver’, e sumiram por mais de 10 anos, sem dar ao menos um telefonema para os filhos e olha que eles são gente boa a ponto de serem bobos e não exergarem o que estava acontecendo. Tantas querendo e algumas desperdiçando rsrsrsr

  4. Modestosa diz:

    Cara amiga Edicioneia, que pena que você infelizmente passou por isso e te dou o maior apoio de não dar nada. Só me preocupo se a lei será justa para todos… vamos rezar que sim…

  5. Mira diz:

    Meu marido foi embora de casa por que engravidou outra fiquei na casa sem saber o que fazer ,por que não trabalhava. Isso foi em 22/02/2001. Fiz muitos bicos pois estava fora do mercado e não tivemos filhos vivos(perdi 2, a verdadeira causa dele engravidar outra.) Agora,moro com outo na casa que compramos a 1 ano e tenho medo dele exijir a casa. O que a senhora me orienta?

  6. Modestosa diz:

    Amiga Mira, seja bem vinda antes de qualquer coisa e sinto muito pelo ocorrido com você.
    Bom antes de mais nada acho que ele te fez um grande favor indo embora pois se amasse você de verdade jamais teria feito filho em outra. Bom estou na dúvida quanto a sua pergunta, mas vamos lá:
    1º: se você quis dizer que mora com seu atual na casa que comprou com seu ex, acho que você precisa consultar um advogado pois embora a lei seja atual e válida ainda é bem discutida e pouco conhecida, então vale a pena não arriscar.
    2º: caso você tenha depois desses anos, comprado uma nova casa junto com o atual, não se preocupe, pois 10 anos é muito tempo. Esse bem faz parte de seu novo relacionamento nada tendo a ver com o seu relacionamento passado.
    Mais vou tirar a prova dos nove com um amigo advogado e te mando um texto mais completo, mande seu email.

    Boa sorte e não tenha medo, pois está tudo ao seu favor, pois se ele achar que tem direito, ótimo, você também tem sobre os deles, sugestivo isso não!

  7. Andriane diz:

    meu amor por meu marido acabou. Resolvi sair de casa há sete meses com o concentimento dele.Agora ele inventa desculpas e me enrola para iniciar a separação. Eu posso perder meus direitos?

  8. Modestosa diz:

    Bom dia Andriane, bom a lei é novinha né e super interpretativa, como diz o post você precisa de um tempo maior para perder seus direitos. Mas é importante que você procure um advogado e que seja redigido um documento onde conste que você saiu em paz, de acordo com ambas as partes. O advogado vai saber como deverá ser esse documento ao qual ambos terão que assinar e ser registrado para que seja resguardado os seus direitos. Ai sim você estará segura, lembre-se não existe para lei contratos ou acordos de boca, vale apenas o que está no papel, então se resguarde para não ter surpresas futuras, por mais legal que seja seu ex vale estar protegida.
    Boa sorte!

  9. FABIANA diz:

    estava desesperada com essa nova lei,pois meu casamento nao esta dando certo ja faz um tempao ,meu marido bebe ,sai pra rua e as vezes me agride verbalmente.Ja pedi pra ele sair de casa mais ele nao sai de jeito nenhum,estava pensando em em sair de casa mas com a nova pensei que iria perder meus direitos estava desesperada,mas vc me acalmou foi o unico lugar q fala q so se perde o direito depois de 2 anos

  10. Modestosa diz:

    Fabiana é uma pena que você esteja passando por isso mais vale lembrar que a lei é nova, procure um advogado para se informar melhor sobre seus direitos, peça que ele redija o documento para que seu marido assine, assim você estará mais segura. Caso ele não assine, tente gravar a rejeição dele a sua tentativa de que ele assine, assim futuramente se ele disser que você abandonou o lar terá a gravação ao seu favor de que ele sabia e que existia o documento e que ele quem não quis assinar. Procure um advogado para se resguardar isso é importantíssimo.
    Boa sorte menina.

  11. Raquel diz:

    Aqui em cas estamos passando por uma situação difícil. A casa onde moramos ée considerada inabitável pelas suas condições físicas e há 15 anos que meu pai mexe aqui eali e nnca faz nada pra melhorar. Pra piorar a situação ele é muito violento quando chega em casa extressado desconta a raiva em todos. Agora minha quer se separar e ele não quer dar o divórcio. O que eu que sou filha posso fazer já que minha mãe não quer ir pra justiça????

  12. Modestosa diz:

    Bom Raquel ao meu ver mesmo que atinja toda família, essa parte ainda cabe a sua mãe ter atitude de proteger a ela mesma e a vocês. Mais vou encaminhar essa sua pergunta para o nosso colaborador, o advogado Byron, para que ele possa responder aqui te dando maiores esclarecimentos e tentar te ajudar nessa situação.
    Preciso saber sua idade para saber legalmente o que você pode fazer de acordo com sua idade.
    Mande seu email caso vc não queira que a resposta seja dada aqui no blog.
    Um grande abraço Modestosa.

  13. Maria de Laura diz:

    Meu marido deixou a casa, ele quer partir a herança dos meus pais , o que devo fazer quando ele deixou a casa primeiro que eu ?

  14. Modestosa diz:

    Boa noite amiga Maria, você deve primeiramente ir procurar um advogado ou mesmo a Vara de família no Ministério público e conversar, para saber os meios legais de se precaver, para evitar sustos. Fique tranquila que aquilo que for de direito dos seus filhos será resguardado em primeiro lugar. Em relação ao imóvel, a justiça entende que não existe herdeiros de pais vivos, ou seja, se você e seu marido estão vivos , a partilha será entre vocês, por mais que tenham comprado com intuito de deixar como herança. O certo é colocar no nome dos filhos,como usos e frutos deles, para que esse direito seja preservado desde já.
    Aconselho a procurar um advogado o quanto antes.
    Desejo boa sorte e força menina.

  15. Paula diz:

    foi casa a 6 anos co regime comunhão parcial de bens, Sai de casa a 7 meses e estou morando com outro , posso perder o direito no bem que temos , que é uma casa que esta sendo financiada e um lote . o que devo fazer??

  16. Modestosa diz:

    Boa tarde Paula e desculpe a demora…
    … Comunhão parcial de bens será dividido tudo que os dois compraram juntos após o casamento. O que era seu ou dele antes disso pertence a cada um de vocês. Formalize sua separação o quanto antes, isso todos temos que fazer assim que tomamos esse tipo de decisão, pois ele pode te dar um abandono de lar, que também é previsto em lei. Conselho: procure um advogado ou a vara de família o quanto antes, pois você corre o risco de perder sim.
    Boa sorte!

  17. Rodrigo Leite diz:

    Boa noite!!!!

    vc sabe me dizer qual eh o numero da lei dizendo sobre a preservação dos direitos de quem fica no imóvel?

    Obrigado!!!!

  18. Modestosa diz:

    Bom dia Rodrigo de uma olhadinha nesse artigo e como sempre aconselho, qualquer coisa converse com um advogado, ele explicará com mais detalhes, espero que possa ajudar, abraços.
    “A Medida Provisória 514 de 1º de dezembro de 2010, convertida na Lei 12.424 em 16 de junho de 2011, introduz o artigo 1.240-A no Código Civil, que entrará em vigor em dois anos, institui uma nova modalidade de usucapião segundo a qual “aquele que exercer, por 2 (dois) anos ininterruptamente e sem oposição, posse direta, com exclusividade, sobre imóvel urbano de até 250m² (duzentos e cinquenta metros quadrados) cuja propriedade divida com ex-cônjuge ou ex-companheiro que abandonou o lar, utilizando-o para sua moradia ou de sua família, adquirir-lhe-á o domínio integral, desde que não seja proprietário de outro imóvel urbano ou rural”.Na prática, quando um lar for desfeito, aquele que deixar o imóvel onde vivia com a família e não reclamar os direitos do mesmo nos dois anos seguintes perderá automaticamente o direto à propriedade em favor do outro que permaneceu no imóvel. Contanto que esteja dentro das regulamentações previstas no novo dispositivo: ter menos de 250m², em área urbana e seja o único da parte que nele continuou a residir com exclusividade”.

  19. Selma diz:

    Sou casada há 28 anos, meu marido sempre foi agressivo comigo e com minhas filhas. Ultimamente passou um ano e meio desempregado e gastando todo o dinheiro que juntamos. Estou voltando a trabalhar agora, pois antes eu cuidava das meninas e da casa e já mudamos muitas, muitas vezes para lugares diversos. Descobri que ele me trai e esses dias ele saiu de casa com uma mala e não disse para onde foi. Ele já fez isso outra vez. Não quero ligar para ele, quero a separação e queria muito trocar as chaves do apartamento antes dele voltar, posso? Tenho duas filhas maiores, uma mora comigo a outra mora fora. Ele ultimamente bateu e xingou a gente, mas não dei parte dele por medo das consequências. Agradeço qualquer orientação. Ah, esqueci de dizer que o imóvel é próprio e somos casados em comunhão de bens. Abraço.

  20. Modestosa diz:

    Bom dia amiga Selma, desculpe a demora…
    Querida a sua situação é crítica e lamentável né, é triste pensar que na época que estamos ainda existam homens assim….
    O 1º- passo é ter coragem de correr atrás de seus direitos, aproveite que ele não está e tire cópias de todos os documentos que existe em casa, se tiver os documentos dele, do imóvel, do que compraram será ainda melhor. Forme uma pasta com todos os documentos incluindo os de trabalho dele (se ele já estiver trabalhando) e deixe na casa de alguém de confiança para que ele não descubra. Tente colocar nessa pasta alguns originais se possível ou autentique algumas cópias tipo a certidão da casa ou o que julgar mais importante.
    2º- passo é ir correndo ao fórum mais próximo e procurar a vara de família e dar entrada no divorcio, lá você conta o que ele faz com você, conte que ele abandonou o lar e não disse para onde foi, sumiu e você sustenta tudo sozinha, peça uma medida cautelar para que ele não volte a entrar na casa e nem possa chegar perto de você, pois teme por sua vida ( leve todos os documentos que reuniu, os seus e de seus filhos com cópia).
    3º- nunca tenha medo, ele te agredi por que desde o começo você teve medo o que fez ele ter força, se ele te agredir chame a polícia e faça uma denuncia formal contra ele na delegacia de mulher, se já tivesse feito isso antes, as coisas seriam um pouco mais fáceis agora.
    4º- troque o miolo das portas de entrada por medida de segurança.
    Quanto ao imóvel, isso terá que ser discutido judicialmente, pois o juiz irá pesar quanto tempo ele esteve fora, se ele contribui, se você não tem condições de ir para outro lugar, se os filhos são pequenos e mais um monte de coisas.
    Se tiver algum vizinho ou conhecido que possa usar como testemunha que ele te agride e que abandonou o lar é ainda melhor. ( filhos e parentes não são aceitos normalmente).
    Você vai precisar dar um endereço para que a notificação da justiça chegue a ele, mesmo que você não saiba aonde ele está de o endereço da sua sogra, do trabalho ou da amante se tiver, ele será notificado algumas vezes, caso ele não compareça ou não seja encontrado, peça ao seu advogado que de andamento para que o processo possa seguir a revelia (sem a presença dele).
    Você tem direito a um advogado gratuito pelo juizado, mais isso pode demorar, se tiver condições procure um advogado particular, o processo anda mais rápido.
    Junto com o processo de divorcio e o pedido de cautela de entrada também no processo de pensão alimentícia para a filha que ficou caso menor e a sua pensão, afinal são 28 anos e você tem direito.
    Digo isso por que hoje em dia os processos são separados, se der entrada só no divorcio depois terá que dar entrada na pensão , então já que está no fórum faça tudo de uma vez, o de pensão normalmente sai primeiro.
    Espero ter ajudado, vá correndo procurar um advogado ele poderá te explicar melhor tudo isso, mais vá agora, não tenha medo e nem deixe para depois para que algo pior não aconteça.
    Proteja a você e a sua filha, tenha a garra que nós mulheres temos principalmente no momento filhos.
    Boa sorte querida e que Deus te proteja…
    Beijinhos Modestosa.

  21. renato diz:

    sou a favor desta lei que vai beneficiar todos,e temos que pensar 2 vezes antes de trair, ou sermos traidos esta lei vem pra,quem sabe acabar com a traição de ambos

  22. renato diz:

    tem muitas cosos que a mulher é tinhosa elas negam ate a morte uma traição, e o caso de minha mulher quede fronte sua familia, ate faz tiatro de choro
    mais eu entrego nas mãos de Deus ele proverá a meu favor

  23. Modestosa diz:

    Bom dia Renato e desculpe a demora…..
    … Concordo com você plenamente, se as pessoas fossem honestas com sigo mesmas leis como essa não seriam necessárias, acho que ambos os sexos andam traindo muito, não existe essa história de que A ou B trai mais, hoje a briga ta feia nesse quesito infelizmente. Acho que se você chegou ao ponto de sentir desejo por outra pessoa deve reavaliar seu relacionamento, pois quando amamos, só essa pessoa já basta, é o que acontece com muita gente.
    Adorei seu comentário, sinta-se a vontade para palpitar e seja bem vindo…

  24. Shirley diz:

    Espero que essa lei seja realmente seja cumprida, e que não fique somente no papel , Pois meu namorado foi traido pela ex-mulher e ela abandonou levou o filho e agora quer pedir pensão ve se pode um absurdo desse!

  25. nathalia diz:

    meu marido me bate temos um filho de 7 meses moramos numa casa alugada queria saber se existe alguma ordem judicial que obrigue ele a sair de casa e deixar eu e meu bebe morando lá.

  26. Modestosa diz:

    Desculpe a demora querida Nathalia, não sei ao certo se é casada legalmente ou não, mais independente disso pode ir a delegacia que da assistência a mulher e dar queixa dele, explique a situação e siga os conselhos da agente. O certo é você denunciar e se divorciar, peça a juíza que ele não chegue perto de você pois tem medo.
    Deve procurar um advogado o mais rápido possível para ele te explique melhor tudo que terá que fazer incluindo no aspecto da casa ser alugada.
    Boa sorte querida.

  27. Cristiana diz:

    Esta lei é muito legal porque sempre quem fiça sofri

  28. Modestosa diz:

    Bom dia querida, também acho super legal e obriga de certa forma as pessoas registrarem as coisas e não confiarem mais no boca- boca.
    Seja bem vinda.

  29. valcimarada silva torres diz:

    namoro com um rapaz ha 4 anos ele foi casado com um encosto so falando assim pq amulher naõ deixa ele viver ela abandonou a casa ha 15 anos e agora ta com ameaças que vai invadir me fala ela tem direito de fz isso e durmo la sempre

  30. valcimarada silva torres diz:

    e antes de sair da casa ela entrou na justica so naõ entendo pq vive assim ela ,acho super baixo o que ela fz com ele ja tive 2 relacionamento e vivo com o meu ex super bem e pricipalmente com a atual mulher dele somos mts amigas !

  31. valcimarada silva torres diz:

    olha vou para la todos os fins de semanas se ela invadir a casa dele ja falei para ele vou da uma surra nela !!!!!!!!!!

  32. Modestosa diz:

    Bom dia querida Valcimara, realmente existem pessoas que vivem do passado igual a museu, infelizmente. Aconselho que ele corra até o juizado mais próximo e faça um relato do que está acontecendo para que fique registrado que ela abandonou o lar a 15 anos, pelo tempo ela terá que provar em juízo que tem direitos e provavelmente não tem mais nenhum. Sempre é bom registrar tudo que é feito para que não tenha problemas futuros como esse ( tratos de boca nunca dão certo), peça a ele para separar todas as provas de que ele cuidou sozinho dos bens, sem nenhuma ajuda dela durante todo esse tempo. De qualquer forma, invasão de propriedade é crime, portanto se ela saiu, não pode invadir, se ela fizer chame a polícia. Fora isso peça a ele para pedir ao advogado ( particular ou público) que de entrada com a papelada ao qual vai mante-la longe dele e do imóvel, sendo assim se ela chegar perto de um dos dois ele poderá chamar a polícia. Sei que você deve estar irritada com tudo isso mais não aconselho que agrida ela, pois a lei está do lado de vocês, caso faça isso, a lei se virará contra vocês, em fim , uma coisa não justifica a outra. Se ela entrar sem ser convidada, chame imediatamente a polícia e diga que invadiram a casa de vocês e faça um boletim de ocorrência que vai ajudar muito no processo de bens. Ele deve se antecipar aos fatos, corra até o juizado mais próximo com todas as provas e abra um processo contra ela e de regularização de bens.
    Boa sorte querida e parabéns por manter um bom relacionamento com seu ex e a esposa dele, isso é ser madura.

  33. valcimarada silva torres diz:

    obrigada por me da a resposta mais odeio essa mulher pq e mt baixa ja tem varios homem e fica atras dele so que naõ to dando espaco para ela mt obrigada querida bjs !!!!!!!

  34. Modestosa diz:

    De nada, entendo a sua raiva e tem motivos para isso, mais cuidado para não perder a razão. Tome as medidas legais para se proteger disso tudo, não de a ela a chance de ferrar vocês, pois está trabalhando com a raiva para que percam a razão.
    Boa sorte, beijinhos

  35. moises diz:

    Pelo que vi será que so homens fazem isso de abandonar o lar?
    Pois, minha ex, abandonou o lar sumiu, e deixou me com minha filha de 14 anos e doente de asma grave, hoje descobri que ela vive no rs com outra mulher e quer a guarda da filha que nao aceita a situação

  36. moises diz:

    E ainda ela quer obrigar nossos outros filhos a aceitarem esse romance.

  37. Modestosa diz:

    Boa noite Moises, realmente a sua pergunta é pertinente pois fiquei realmente surpresa em ver a quantidade de homens que foram abandonados e de namoradas ou esposas que vieram aqui para falar dos seus companheiros que foram deixados. A situação é ruim quando é praticada por ambas as partes mais creio que pelo o que ando lendo as mulheres andam largando mais. Bom, aconselho a você o mesmo que a todos os outros, junte provas de que ela durante sua ausência não colaborou com nada, nem com o sustento e educação da filha nem com o patrimônio. Mas você tem um diferencial, no quesito guarda dos filhos eles já tem idade de falar com o juiz e expressar claramente o que pensão e sentem e isso vai ser levado em consideração pelo juiz, mas infelizmente o que ele vai julgar não se sabe. Quanto ela tentar obrigar seus filhos a aceitar o relacionamento dela, fique tranquilo pois nem ela e nem ninguém poderá fazer isso.
    Acho que ela tem o direito de refazer a vida dela com quem julgar conveniente mais não pode e nem deve obrigar a ninguém a concordar com isso, principalmente os filhos, pois se já estiverem magoados com tudo isso a uma grande probabilidade dela despertar outros sentimentos igualmente ruins sobre ela mesma.
    Corra atrás de seus direitos Moises e boa sorte, não deixe para depois, você tem os mesmos direitos que ela assegurado por lei.

  38. maria cicera diz:

    estar com 27 anos que casei só na igreja tive 4 filhos apenas tres estao vivos,eu sempre trabalhei e ele também mais ele era meio escorãozinho.tenho oficina em casa pouco ele trabalhar mais e meus filhos,eu trabalho de costureira em uma fabrica ele arrumou uma companheira ele ñ bebia as minhas colegas comentava de tanto eu ama ele eu ñ acreditava ate que de uma hora para outra mim apareceu a verdade fiquei arrasada com o resultando ele aviar engravidado um dona que pura casa ela dependia das custa dele.ele ñ bebia mais depois q ele conheceu ela passou a bebe ela. opio de tudo e q ela ñ e uma pessoa direita ela furmava alguns coisas,nao sei oq ela fazia para ele bebe so sei q ele chegava em casa bebo e quebrava tudo de dentro de casa ouvir um tempo q ela de boxava de minha cara ela sempre4 tinha a ouzadia de ligar pra mim dizendo q tava com ele as vezes era ate mentira mais de fato ñ podia dizer q era verdade quando ele sair de casa q mim deixava sozinha mais as crianças quando eu falava para ele que tinha uma dono ligando para mim ele dizia q era mentira ate q o tempo foi passando e passando e a criança da bariga foi crescendo ate chega num ponto dele pagar pensão.ouvir um tempo q ele saiu para trabalhar e foi agredido no olhor esquedo sofreu uma lerzao visual e ñ poder mais trabalhar por causar de seu problemar agora so depende de mim e dos meus filhos para trabalhar com tudo isso ele nunca deixou de mim amar mesmo q eu pendicir para ele mim deixa em paz ele ñ mim deixa ria pois eu acho q ele mim amar de verdade eu nao sei se ainda gosto dele pois tenho mias duvidas postenho mias duvidas pq ele ñ mim maltrata agora ela q apensao para um menino ela ñ tem corage de lava nem um prato para ela so fica adando atrz de homem casado ela tem tres filhor cada um,um pai e agora estou sofredo muito por causar dessa dona oque vc mim acoselhar a fazer??

  39. ana diz:

    convivi com um hm a 22 anos ele saiu de casa por ordem judicial tenho obrigaçao de vender minha casa para dividir com ele

  40. Modestosa diz:

    Bom querida Ana seu caso é diferente pois ele saiu por ondem judicial, aconselho que procure um advogado para adquirir informações mais detalhadas e seguras. Não é igual a maioria dos casos aqui por isso não posso manter as explicações dada aos outros, pois tem que saber se são casados legalmente ou não e mais um monte de detalhes e por isso aconselho, se antecipe e procure um advogado até para se resguardar.
    Um abraço e boa sorte!

  41. Modestosa diz:

    Boa noite querida Maria Cicera…
    … que vida sofrida né, mais é do sofrimento que vem o aprendizado. Bom, a princípio o que eu entendi é que ele mora com você e está incapacitado no “momento” de trabalhar e se for casada legalmente com ele provavelmente terá que arcar com as dívidas dele incluindo a pensão ao filho fora do casamento, deve procurar o ministério público ( fórum), na Vara de família e conversar com um advogado, que dará as instruções legais sobre o que você poderá fazer, incluindo claro se ela estiver te incomodando, poderá pedir que ela não se aproxime de sua casa, filhos e até mesmo de você, isso já ajuda. Quanto ao seu marido é bastante complicado pois sentimento pode ter o mesmo nome para todos, mais age e reage diferente na vida e no coração de cada um. Deve pensar em tudo que viveu, tudo que sentiu e pensar se ainda o ama, se vale a pena continuar ou não, é o seu coração. Tem que pensar em tudo que está sentindo com calma, aconselho que tire uma semana sozinha, longe dele, vá a um lugar que te traga boas recordações de si mesma e tire esse tempo para pensar. Se não tiver um lugar assim não faz mal, faça um passeio para um lugar bonito que goste para poder ter um tempo com você mesma, precisa ouvir seu coração, o que ele está te dizendo, mais sozinha para que possa compreender o que está sentindo.
    Boa sorte nessa jornada Maria e vou torcer para que tome a decisão certa.